Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
 
  • Ademir Antonio Videira Braite - DEM
  • Vereadores
    14º LEGISLATURA
    Presidente Atual
    Ademir Antonio Videira Braite
Enquete
Qual a maior prioridade para o Municipio?




Data: 23/11/2011 Hora: 00:00:00
HISTÓRIA DO MUNICÍPIO DE BORACÉIA
Webline Sistemas

Cidade - História

Da onde surgiu o nome?

Boracéia – na língua indígena também é dita Moracéia ou Poracéia, com o significado de “reunião de gente” e, por extensão, “festa”. Não deve ser confundida com a palavra “poracé” (que consta do Aurélio), “moracé” ou “boracé”, que é uma dança religiosa ao som do maracá, tambor ou flauta, com largo consumo de bebidas fermentadas e muito tabaco.
Nesse caso, o significado é: “clamor” ou “canto de gente”.

Boracéia surgiu por iniciativa de Eugênio Burjato, italiano, de Revigo. Como todo europeu quando imigrava para o Brasil, tinha em sua mente, vir para as terras brasileiras, pois lhe informavam que eram dadivosas e sumamente produtivas, trabalhar por determinado tempo fazer fortunas e regressar para sua Pátria. Entretanto, dos que vieram, porcentagem mínima voltou. Preferiram ficar, dado o acolhimento que aqui tiveram, construíram nova pátria, tornaram-se brasileiros por adoção, seguindo essa tradição, veio Eugênio Burjato, em 1895.

Em 1.916, depois de ganhar algum dinheiro na lavoura, adquiriu uma área de um alqueire e meio de terras de Joaquim Francisco de Oliveira, gleba essa pertencendo a Fazenda Floresta, onde hoje se encontra o patrimônio da cidade. A principio se dedicou a lavoura, posteriormente instalou maquina de arroz, olaria de tijolos, casa comercial, construiu uma Capela e outras atividades que iam aparecendo, criaram ambiente para que fosse constituído em distrito, pois inclusive já havia sido feito loteamento com abertura de ruas e praças.

Nesse trabalho e pelo fato do povoado já estar em ritmo respeitável de progresso, Eugênio Burjato, coadjuvado por Amaro José Veríssimo e outros conseguiram a criação do distrito e depois, com luta das famílias Sgavioli, Freitas Pereira e demais elevaram o município.

FORMAÇÃO ADMINISTRATIVA

  • Por decreto - Lei 9.073, de 31 de março de 1.938, foi criado o Distrito de Floresta (então Fazenda Floresta), ficando pertencendo ao município e Comarca de Pederneiras.
  • Pelo Decreto Estadual nº. 9.775, de 30 de Novembro de 1.938, que fixou o quadro territorial vigente no qüinqüênio de 1.939-1.943, o distrito de Floresta passou a pertencer ao município de Itapuí, Comarca de Jaú, com a mudança de denominação para Boracéia.
  • Na divisão territorial a vigorar no período de 1.959 a 1.963, que foi feito pela Lei 5.285, de 18/02/1959, foi elevado a categoria de Município, desmembrando assim, parte do território de Itapuí, continuando pertencendo a Comarca de Jaú.
  • Em 16/06/1.982, Boracéia foi transferido para o território da Comarca de Pederneiras.

DATA DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA

A emancipação política de Boracéia deu-se no dia 18 de fevereiro do ano de 1959.

 

DESCRIÇÃO HERÁLDITA DO BRASÃO DO MUNICÍPIO DE BORACÉIA

 

Brasão escudo encimado pela coroa mural privativa das municipalidades. O coração na mesma, representa o Sagrado Coração  de Jesus, simbolizando a fé cristã do nosso povo.

As duas estrelas, em ouro, em campo de sinople, representam os desmembramentos (Boracéia/Itapuí), na formação administrativa do município.

O Toro representa com a serra, o aspecto histórico da formação  de Boracéia, em campos de goles.

No centro, em blau, o rio histórico paulista: O rio Tiête, o qual com o representamento das águas dividiu o antigo leito em metade pelo volume representado e às margens do município, esta localizada a primeira eclusa da América Latina, a espetacular  “ECLUSA ÀLVARO DE SOUZA LIMA”, gratificantemente representada em corte na parte inferior.

Como suportes, ramos de café e milho, as principais riquezas agrícolas hodiernas do município.

No Listel, a expressão latina: VIS AD PROGRESSUM em tradução literal: FORÇA PARA O PROGRESSO, traduzindo o sistema de retransmissão de energia elétrica da Usina Hidrelétrica Ministro Álvaro de Souza Lima.

As datas 1959 e 1968 significam respectivamente as criações do Município e do Brasão da cidade.

O Brasão do município de Boracéia foi criado pela Lei Municipal nº 279, de 30 de dezembro de 1968

 

 

Enviar esta notícia para um amigo

Reportar erro





Próxima Sessão

Sala de Sessões - 16/04 às 19h

Sala de Sessões - 02/04 às 19h

Sala de Sessões - 07/05 às 19h

Sala de Sessões - 21/05 às 19h